Conheça os tipos de impressão

A impressão é uma das etapas cruciais da criação de qualquer projeto gráfico. Sem uma impressão de qualidade, todo o esforço feito ao longo do projeto acaba sendo em vão, já que o resultado não fica satisfatório.

O que muita gente não sabe, no entanto, é que existem alguns tipos de impressão diferentes que apresentam diferentes características.

Pensando nisso, preparamos um artigo para que você conheça esses tipos de impressão.

Impressão offset

A impressão offset é o tipo de impressão mais popular do mercado, e o seu destaque se deve a uma série de características que a diferenciam de outras impressões, como a velocidade de impressão e a qualidade de resultados, além de ser ideal para impressões em grande escala e poder ser utilizada para vários tipos de papel e plástico.

Por essa facilidade de reprodução, não é necessário que haja um profissional supervisionando o funcionamento das impressoras offset o tempo todo.

As impressões offset normalmente são utilizadas para cartões de visita, cartazes, folders e livros, já que trabalha com folhas soltas, e também é ideal para projetos que exigem altas tiragens, como jornais e revistas.

Impressão digital

O processo da impressão digital é considerado eletrônico, já que é feito a base de laser.

Por não gravar em chapa, a impressão digital oferece um trabalho mais rápido que a offset, apesar de, normalmente, ser utilizada na impressão dos mesmos materiais.

A diferença, no dia a dia, é que a impressão digital é mais utilizada para impressões de pequena tiragem.

Isso não significa, no entanto, que ela seja melhor, já que quando comparada com a offset, a impressão digital fica atrás nos quesitos custo-benefício de médias e longas tiragens e qualidade final.

Impressão híbrida

Como o nome sugere a impressão híbrida junta características das duas impressões citadas acima.

Uma parte do material é impresso de maneira offset, enquanto a outra é feita de maneira digital.

Isso possibilita uma enormidade de aplicações diferentes para esse tipo de impressão, além de economizar na hora de produzir, já que faz a troca de offset para digital automaticamente.

Serigrafia

A serigrafia utiliza a ajuda de uma tela de nylon ou para fazer inúmeros trabalhos, e é aí que está o seu maior benefício: a variedade de trabalhos que essa impressão possibilita em um único equipamento, como por exemplo:

  • Tecidos
  • PVC
  • Adesivos
  • Madeira

A qualidade, no entanto, vai depender da espessura da tela, o que significa que essa impressão não garante resultados satisfatórios sempre.

Rotogravura

Também conhecido como baixo relevo, a rotogravura é um processo eletromecânico em que a gravação é feita por meio de toque de diamantes industriais.

As maiores qualidades da rotogravura são a grande tiragem, alta velocidade e qualidade dos resultados. Grandes jornais, por exemplo, utilizam a rotogravura por conta dessas características.

Flexografia

Apesar de ser um processo mais antigo, a flexografia ainda é um dos métodos de impressão mais utilizados nos dias de hoje, principalmente em embalagens e rótulos.

Seu funcionamento lembra muito o de um carimbo e os seus principais benefícios são o baixo custo, a secagem rápida e a possibilidade de atender uma grande fatia do mercado.

E aí, qual tipo de impressão você gostou mais?

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *